Pesquisa personalizada

Pure Evil Radio - AL

segunda-feira, dezembro 25, 2006


Frente A Janela Da Vida
(Zenitilde Neto)

Frente ao espelho todos os dias,
Vejo uma face cansada, desmotivada,
Às vezes gorda, às vezes magra,
Porém sempre desleixada,
Despreocupada com a vida, com o todo,
Procurando a beleza em tão pouco
Que um dia há de encontrar.


Frente ao espelho todos os dias,
Vejo uma face divertida
Motivada, cheia de alegria,
Da qual muito não vai durar.


Esperando a felicidade me encontrar
Esqueço do que realmente importa,
Então o mundo parece parar de girar,
Mas o simples sorriso de uma criança que nunca vi
Mostra que a felicidade a de nos encontrar
Em qualquer rua, esquina ou bar,
Basta saber reconhecer quando ela nos toca.

Frente ao espelho...
Não estou mais,
Pois procuro a vida,
Aquela que um dia deixei para trás.

Um comentário:

Jacy disse...

é sério... me surpreendo com vc todas as vezes q eu leio essas poesias!?!
:P
bjus!
:*