Pesquisa personalizada

Pure Evil Radio - AL

domingo, julho 15, 2007

Quando Chove

Sim, a chuva... A chuva cai na madrugada lavando almas, lavando corpos cansados, despedaçados pela vivência incorreta.
Mesmo com a mais forte das chuvas a lua brilha iluminando caminhos variados, indicando-os a realidade perdida, padecida ao longo do tempo.
Uma noite, fria não como as do inverno, apenas mais tolerante, expressando nas brisas o sentimento alheio, fechado, egoísta com relação a tudo.
Esperando uma luz, luz aquela que nunca aparece, pois ilumina a cada um de uma forma especial e singela. Apareça! Aqui estou! Estou pronto para seguir meu caminho, pronto para meu destino. Destino aquele que nunca pensamos mudar, porque é mais fácil correr com o vento, quando devíamos correr contra ele.

Um comentário:

Aline disse...

Wow...

Sim, correr a favor do vento é mais fácil, assim vc não corre o risco de que se correr contra ele, poder não ter força o suficiente para aguentar.

A vida é essa meu caro, cada um com a sua, cada um com seus erros, e cada um com seus arrependimentos.

Há! Se todos corressem contra o vento! Se todos fossem fortes! Assim nem teriamos problemas... mundo sem problemas... mundo ideal... vida ideal... quem há dizer de quem tem uma...

Amo suas ideias! Vou fazer o máximo para poder seguir seus conselhos querido!

Beijos! =*